Olá pessoal, hoje em dia é comum termos maquinas com dual-boot (Windows e Linux)  onde o gerenciador de boot é o  GRUB ou o LILO. Neste cenário um problema comum ocorre quando excluímos a partição do Linux, onde o gerenciador de boot deixa de funcionar, e com isso ficando impossibilitado de iniciar o Windows, ou ate uma maquina “mal instalada”, aparecendo dois boots do Windows, onde apenas um funciona, pois uma instalação sobrescreveu a outra.

Para resolver esse problema, nas versões anteriores ao Windows XP, bastava iniciar por meio de um disco de boot e executar o comando fdisk /MBR, já no Windows XP, bastava iniciar pelo CD de instalação entrar no modo de Recuperação e digitar o comando fixmbr.

Já no Windows Vista,

1. Basta colocar o DVD de instalação.

2. Selecione as configurações de idioma e clique em Avançar

3. Clique na opção Reparar o computador, imagem abaixo.

4. Selecione o sistema operacional, e em seguida clique em Avançar.

5. Selecione Prompt de comando.

6. Digite o comando bootrec /FixMbr e pressione Enter.

7. Feche o prompt e clique e Reiniciar.

Pronto agora você tem o MBR como gerenciador de boot, ou no caso de duas entradas de Windows vai aparecer apenas a entrada correta.

É isso ai e até a próxima.

Anúncios

Para quem “precisa” instalar Windows XP em um notebook um grande problema é que muitos vem com HD SATA.
O boot da instalação do sistema não consegue encontrar o HD.
A alternativa mais fácil, mas que nem todos tem em mão é colocar um drive de disquete externo e assim no momento indicado no boot adicionar o drive do HD para ser carregado junto ao boot de instalação.

A segunda alternativa é criar um CD personalizado do Windows XP com um software chamado nLite.

Tutorial do Baboo aqui

PS: para carregar o drive SATA junto ao boot tem que adicioná-lo ao CD personalizado em MODO TEXTO.

Espero ter Ajudado. Até a próxima.

Dae pessoal.

Pelas minhas “andanças” pela internet encontrei um tutorial passo-a-passo de como fazer um pendrive de boot do Windows XP que funcione (pelo menos nos EEE-PC).

Talvez com algumas adaptações no passo-a-passo funcione em qualquer netbook ou computador sem um leitora de CD disponível.

Segue o link do tutorial no site do LEGAL.

Espero ter ajudado. e até a próxima.

Dae pessoal,

Hoje trago um tutorial de como trocar a chave (serial) do Windows XP Professional.

Para alguém que já instalou o Windows  pelo menos uma vez na vida sabe que é chato ficar instalando um computador do zero tendo que instalar os drivers e Softwares e ainda de repente tendo aquela copia Original daquele joguinho que você não tem mais o instalador ou Serial porque o CD não existe mais ou era de uma amigo seu. Então ai que trago esse “Tuto” para resolver o seu problema.

Se você utilizou um software chamado XP Antispy, desfaça todas as alterações feitas por ele, e em seguida desinstale-o, caso contrário, o procedimento não funcionará.
Esse tutorial não funciona no Windows XP Home Edition!
1. Vá ao Menu Iniciar, Executar….

2. Na janela que se abriu, digite “regedit.exe” (sem aspas), e dê Enter.

3. Já dentro do Regedit, navegue até a chave: HKEY_LOCAL_MACHINE \ SOFTWARE \ Microsoft \ WindowsNT \ CurrentVersion \ WPAEvents

4. No painel á direita, clique duas vezes em OOBETimer.

5. Na janela que foi aberta, selecione qualquer valor e apague pressionando a tecla delete no teclado, e clique em OK.

6. Feche o regedit, e vá novamente em Iniciar, Executar…, e dessa vez digite: %systemroot%\system32\oobe\msoobe.exe /a

7. Na janela que foi aberta, escolha a opção Sim, desejo telefonar…

8. Na próxima etapa, clique no botão Alterar chave do produto.

9. Na etapa seguinte, digite a CD-Key nova e clique no botão Atualizar.

10. Após clicar no botão Atualizar, o assistente para ativação voltará para a janela anterior, então, clique em Lembrar mais tarde e reinicie o Windows.

11. Reiniciado o Windows vá novamente em Iniciar, Executar… e digite: %systemroot%\system32\oobe\msoobe.exe /a

A seguinte mensagem será mostrada, indicando que o procedimento foi executado com sucesso:

O procedimento descrito no tutorial é muito útil, pois permite a troca do CD-Key sem que seja necessária a reinstalação do Windows para que se possa utilizar uma nova chave, poupando tempo e dores de cabeça!

É isso ai espero ter ajudado.

Dae pessoal,

A Microsoft anunciou que o Windows 7  nas versões Professional, Ultimate e Enterprise teria um mecanismo que permitiria rodar aplicativos que não rodam no Vista e no Seven nativamente. Isto é nada mais nada menos que instalar uma maquina virtual com o Windows  XP, instalar um programa na maquina virtual e conseguir com que o Seven consegua executar esse programa (Editores de texto, Jogos, editores de Imagens, CAD, etc ).

Requisitos para instalar o Windows XP Mode:

Primeiro: A primeira exigência (e óbvia) é ter uma versão do Windows Seven (Professional, Enterprise ou Ultimate) rodando no computador, se você ainda não fez o download GRATUITO, clique aqui e faça o Download da ISO, queime um DVD e instale o Sistema. (Precisa de um login e uma senha do Hotmail ou afins)

Segundo: A segunda exigência é ter um hardware: o processador com tecnologia de virtualização Intel Virtualization Technology (Intel-VT) ou AMD Virtualization (AMD-V).

OBS: Mesmo alguns modelos mais novos não tem essa tecnologia.

Para saber se o seu processador possui a tecnologia virtualização, baixe o programa SecurAble ou procure no site do fabricante do processador pelo modelo.

Terceiro: Com as duas primeiras exigências OK, é recomendável que seu computador tenha pelo menos 2 GB de memória RAM para que o sistema rode satisfatoriamente. Se seu computador possui todos os requisitos acima, está na hora de baixar e instalar os arquivos necessários.

Instalação

Em primeiro lugar, precisamos instalar o Windows Virtual PC (~4MB), e o Windows XP Mode (~450MB) pode fazer download aqui.

O Windows Virtual PC é uma ferramenta capaz de proporcionar um ambiente virtual em que é possível rodar outros Sistemas Operacionais simultaneamente com o Windows Seven. Ele é semelhante ao Microsoft Virtual PC 2007, mas possui algumas diferenças que permitem melhorar a experiência do usuário que precisa utilizar dois (ou mais) ambientes Windows ao mesmo tempo.

O Windows XP Mode, por sua vez, é uma ferramenta que instala uma versão do Windows XP no Virtual PC. Essa versão do XP inclui o pacote de atualização SP3, Internet Explorer 6 e Windows Media Player 9.

Apesar de parecer apenas mais um programa instalado no Windows Seven, a versão do Windows XP virtual necessita de atualizações e softwares comuns a qualquer Sistema Operacional Windows, como antivírus, anti-spywares e outros programas de segurança.

Como Funciona

Depois de instalar o Windows Virtual PC e o XP Mode, inicie o Windows Virtual PC normalmente. A primeira inicialização demora alguns minutos, pois o Windows aplicará as configurações de usuário para o Windows XP.

Com a janela do Windows XP aberta, instale qualquer programa, jogo ou sistema que esteja na pasta do XP. Neste momento, você pode usar a conexão com a internet para baixar o programa, ou  então, copiar o arquivo de instalação que esteja em alguma pasta do Windows Seven e colar no Desktop do XP.

O usuário deverá inicializar o sistema virtual sempre que for instalar um novo programa no Windows XP (pegaremos como exemplo o Winrar). Ao iniciar o Winrar pelo XP pela primeira vez, o sistema criará um atalho para ele no menu iniciar do Windows 7 automaticamente dentro da pasta “Windows Virtual PC >Virtual Windows XP Aplications”, veja a imagem:

Lembre-se que a janela com o Windows XP só precisa ser aberta na primeira inicialização do programa (Winrar). Depois disso, ao iniciar pelo menu do Windows Seven, o sistema de virtualização abrirá somente a janela do programa, o que não era possível no Microsoft Virtual PC. Veja na imagem a seguir a mesma versão do Winrar aberto pelos dois  Sistemas Operacionais lado-a-lado (uma no Windows XP e outra no Windows Seven).

O Windows XP Mode veio para eliminar os problemas de empresas e usuários domésticos que querem atualizar a versão do Windows, mas temem não conseguir usar um sistema que foi desenvolvido para o XP. Com a tecnologia de virtualização, é possível usar programas compatíveis apenas com o Windows XP como se estivessem rodando no Windows Seven.

Isso já era possível, tanto para Windows Vista quanto para o Windows XP, através do Microsoft Virtual PC, no entanto, ele não era capaz de iniciar o programa isoladamente, como o XP Mode consegue fazer.